0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 0 Flares ×

historia-da-musica-ave-maria

Escrita originalmente em latim, baseada do evangelho de Lucas, ‘Ave Maria’ é a oração mais conhecida e mais comum que a Igreja Católica dirige à mãe de Jesus Cristo. A oração foi traduzida para vários idiomas e anos depois se tornou uma das canções mais conhecidas e famosas do mundo, regravadas por grandes cantores pop e de ópera como Beyoncé e Luciano Pavarotti.

Ave Maria de Bach/Gounod

Em 1859 Charles Gounod compôs a canção ‘Ave Maria’ para dedicar a sua namorada, inicialmente em cima da harmonia composta cerca de 137 anos antes por Johann Sebastian Bach, nomeada por “Meditação”.

A harmonia de Bach é a textura do prelúdio nº 1 em Dó Maior do livro I de O Cravo Bem Temperado. Gounod adicionou um compasso de modo a suavizar a mudança rápida da harmonia do prelúdio. Curiosamente, Bach foi um dos principais compositores protestantes da história.

Existem diferentes arranjos instrumentais, entre eles, para violino e violão, quarteto de cordas, piano solo, violoncelo, cavaquinho e até trombone. Essa versão da música já foi gravada por grandes nomes da música mundial, como Maria Callas, José Carreras, Andrea Bocelli e Karen Carpenter e de Luciano Pavarotti. Confira uma delas:

 

Ave Maria de Schubert

A popular canção católica Ave Maria de Franz Schubert, na verdade, originalmente, não tinha a letra do Ave Maria em latim. Foi composta originalmente como parte do Opus 25, para o poema “A Dama do Lago” de Walter Scott, onde a personagem Ellen se esconde com seu pai em uma caverna para fugir da vingança do rei, e canta a canção pedindo proteção à Virgem Maria. O líder do clã da montanha a escuta e declara guerra contra o rei.

A primeira apresentação da peça foi feita no castelo da condessa Sophie Weissenwolff e por ser dedicado a ela, lhe rendeu o apelido de “A Dama do Lago”. Depois disso a melodia recebeu a adaptação das palavras da oração em latim, como é conhecida até hoje.

A versão latina de ‘Ave Maria’ é agora tão frequentemente usada com a melodia de Schubert que levou ao equívoco de se pensar que originalmente a melodia foi feita para Ave Maria.

 

 

 

 

Comente este artigo e compartilhe com seus amigos